Arquivo da categoria: Notícias

Notícias da semana #5

Orgulho e Preconceito e Zumbis: Emma Stone vive a protagonista Elizabeth Bennett. Desse jeito, vai virar a zombiegirl das telas, já que Zumbilândia também terá continuação. Achei uma pena que a Natalie Portman tenha saído do papel principal, já que criaria um paralelo interessante com a versão do Joe Wright (pra quem não sabe, Keira Knightley foi a sósia de Portman em Star Wars: A Ameaça Fantasma).

UPDATE EM 30/06: A notícia foi desmentida, Stone não vai participar do filme. Shit. Uma premissa como essa não pode cair no limbo!

Brave: Esses desenhos conceituais divulgados pela Pixar durante a semana dão ótima impressão sobre o próximo filme do estúdio. A julgar pela sinopse, o filme pode lidar com a mitologia celta e histórias antigas das Ilhas Britânicas, elementos que podem gerar histórias bem legais (é inacreditável que O Segredo de Kells tenha conseguido desperdiçar tanto potencial). E parece ter mais atenção com a trama do que Carros 2, que está recebendo o primeiro fluxo contínuo de críticas negativas da história da Pixar.

Projeto Sem Título de Warren Beatty: O eterno pegador de Hollywood quer voltar com tudo, pelo elenco que está reunindo. A trama segue em segredo, mas Beatty ficou conhecido em sua carreira pela seletividade de seus trabalhos. E convenhamos, pelo menos não parece ser Dick Tracy 2.

Gato de Botas: Sinto muito, mas torci o nariz pra esse trailer. Parece buscar tanto um ar Piratas do Caribe que até a trilha sonora é parecida – e levando em conta a decadência que a série Shrek enfrentou, a perspectiva não é das melhores.

Maleficent: Bruxa malvada de conto de fadas que vira dragão + Angelina Jolie + o cara que fez O Labirinto do Fauno. Se Del Toro assumir mesmo a direção, já está garantida uma indicação ao Oscar de Melhor Direção de Arte. (diga-se de passagem, fiquei muito desapontado quando ele desistiu de dirigir O Hobbit).

Snow White and the Huntsman: Com o elenco que reuniram para viver os anões, o roteiro deveria ser reescrito e o título mudado para “Os Sete Anões e a Rainha Má (Branca de Neve faz cameo)”.

O Hobbit: Uma Viagem Inesperada: Olha o Gandalf o Cinzento aí de novo! Agora eu acredito que o filme está sendo feito.

Cinebiografia de Dilma Rousseff: Deviam esperar uns 10 ou 15 anos para um projeto como esse. A trajetória da presidenta tem grande potencial cinematográfico, mas realizar um filme agora é dar corda para que as “Vejas” da vida lancem suas “reportagens” bombásticas fajutas – independente da obra ser boa ou ruim. Além disso, é fria fazer isso agora porque é o tipo de trabalho que exige um mínimo de distanciamento histórico – ou alguém acha que os filmes sobre Che Guevara do Walter Salles e do Steven Soderbergh teriam sido o que foram (politicamente falando) caso fossem realizados na década de 1970?

O Planeta dos Macacos: A Origem: Trailer novo divulgado essa semana. Ainda não estou convencido.

Anúncios

Notícias da semana #4

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2: A semana foi cheia de presentes para os fãs de J.K. Rowling. Além do anúncio do projeto “Pottermore”, ainda envolto em mistério, foi lançado um trailer espetacular (provavelmente o último) do capítulo final da série. Cenas que trazem Lily Potter momentos antes da morte, o campo de quadribol de Hogwarts incendiado, a Profª McGonagall despertando as estátuas e o castelo semi-destruído são pra mexer com o coração de qualquer fã da história.

The Wolverine: James Mangold (Cop Land; Garota, Interrompida; Os Indomáveis) na direção. Só se pode torcer pra que não saia o troço que foi o primeiro.

Jurassic Park 4: Nem Spielberg na direção me anima. Não deu pra entender que bom mesmo foi só o filme original?

The Comedian: De Niro dirigido por Sean Penn. Já reservei minha poltrona. E pode ser uma oportunidade excelente pro De Niro dar mais um jeito na carreira, já que a década passada teve mais baixos do que altos…

Cowboys & Aliens: Os roteiristas escreveram A Ilha, sim, mas também fizeram Star Trek (será que isso indica que eles funcionam melhor longe do Michael Bay?). Daniel Craig e Harrison Ford no elenco e Jon Favreau na direção. O trailer lançado essa semana é ótimo; o filme promete ser um dos mais divertidos da temporada.

The Dark Knight Rises: Liam Neeson grava participação. Povo, é óbvio que é um flashback. Acham que o Christopher Nolan é de botar espíritos e volta do túmulo nos filmes dele? Bem capaz! Além disso, foi divulgado o novo uniforme do Batman (como disse o Renato Silveira do Cinematório no Twitter, parece mais do que nunca um action figure) e vazou um suposto teaser trailer no YouTube. Lembra bastante o que foi feito pra O Cavaleiro das Trevas e, verdadeiro ou não, consegue criar expectativa.

Capitão América: O Primeiro Vingador: Dos filmes que antecedem Os Vingadores, esse é o menos animador. O personagem não é dos mais atraentes e a equipe… A direção é do Joe Johnston, cujos filmes vão de medianos (Jurassic Park III, Mar de Fogo) a fracos (O Lobisomem); e o roteiro é dos responsáveis por As Crônicas de Nárnia. Mas curti pra caramba o cartaz estilo anos 40 que foi divulgado no início da semana. E falando em Os Vingadores, a arte promocional que vazou durante a semana também é bem legal. Parece menos um cartaz e mais uma capa de HQ.

Django Unchained: O filme ainda nem começou a ser rodado e já tem data de lançamento marcada. Distribuidoras brasileiras, aprendam! E nem inventem de fazer de novo a novela épica que foi o lançamento de À Prova de Morte.

Argo: Como diretor do seu novo filme, Ben Affleck resolveu encarnar um estilo kubrick-hitchcockiano de preparar seus atores.

Major Matt Mason: A premissa não me interessou muito. Mas a matéria merece um piti de jornalista: o primeiro parágrafo é um primor de erros. Começa dizendo que Robert Zemeckis é mais conhecido “por seu trabalho de produção”, sendo que ele dirigiu o oscarizado Forrest Gump, a trilogia De Volta Para o Futuro, Contato, Tudo por uma Esmeralda, Náufrago e Uma Cilada para Roger Rabbit. Tá bom ou quer mais? Para citar que Zemeckis vai voltar a fazer filmes em live action, cita os últimos dirigidos por ele, realizados por motion capture (ou seja, entrando em contradição com a primeira frase). E pra terminar, diz que Zemeckis vai fazer “mais um filme baseado em um brinquedo”. Mais um? Me indique quais são os outros, então, porque eu não conheço. Nem o IMDb.

Se vão dar a notícia, peguem alguém que saiba do que está falando (Terra, #contrataeu).

Outras notícias interessantes:

Living in the Material World: George Harrison: documentário sobre o ex-Beatle dirigido pelo Martin Scorsese. Ingresso comprado.

Superman: Man of Steel: Russell Crowe quase confirmado como Jor-El.

He Loves Me: Novo filme dos diretores de Pequena Miss Sunshine.

The Hobbit: An Unexpected Journey: Intérpretes de Bard e Smaug contratados.

Out Idiot Brother: Trailer bem divertido da nova comédia com Paul Rudd (pra variar, sem previsão de estreia).

Notícias da semana #3

Tentando retomar a “coluna” que comecei em novembro passado e que foi abandonada por falta de tempo.

MTV Movie Awards: sim, é uma premiação completamente irrelevante, mas ainda assim não dá pra deixar de fazer alguns comentários:
Eclipse: Tirou Melhor Filme de As Relíquias da Morte: Parte 1, Cisne Negro, A Rede Social e A Origem; Robert Pattinson levou Melhor Ator de Jesse Eisenberg, Kristen Stewart tirou Melhor Atriz de Natalie Portman. O que há de errado com as pessoas que votam? Sério, como alguém pode achar que a pseudo-saga da fada-vampiro é melhor que os outros filmes citados? (isso pra não falar da Melhor Luta, que esnobou a cena do corredor de A Origem e a briga entre Hit-Girl e o bandidão de Kick-Ass).
Kick-Ass: Chloe Moretz levou Melhor Revelação e Melhor Badass. Mais do que merecido, e se tivesse perdido para alguém, devia ser para Hailee Steinfeld, de Bravura Indômita.
A Mentira: Emma Stone levou Melhor Comediante. Merecido; é uma performance bem engraçada num filme regular. Zach Galifianakis também se saiu bem em Um Parto de Viagem, mas é uma figura bem mais caricata.
Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1: Tom Felton ganhou Melhor Vilão, como assim? Quantas falas ele tem nesse filme? Devia ter ido pra Mickey Rourke (Homem de Ferro 2) ou, melhor ainda, Ned Beatty (Toy Story 3).

Django Unchained: Leonardo DiCaprio é o mais cotado pra ser o vilão do próximo filme do Tarantino – que será um western. Chamem o Ennio Morricone para a trilha sonora e há um candidato a obra-prima à vista.

Continuação de X-Men: Primeira Classe: A ideia de situar a continuação durante a Guerra do Vietnã promete uma trama bem interessante. Situar histórias fantásticas em eventos reais de forma a reimaginá-los costuma dar bons resultados.

Indiana Jones 5: Eu gosto de O Reino da Caveira de Cristal, ainda que tenha uma série de problemas e seja inferior a todos os outros. Mas parte 5? E esse papo de “não vamos usar tanto CGI” já não cola: disseram a mesma coisa no anterior e tivemos que engolir toupeiras e macaquinhos digitais.

Projeto sem título da HBO sobre o WikiLeaks: Acho cedo pra fazer um filme sobre o assunto, mas com Charles Ferguson (Trabalho Interno) na direção pode render algo relevante. Fica a questão: quem viverá Julian Assange? Contando o fator “semelhança física”, tem que ser Jeremy Renner.

Dick Tracy 2: Seria o máximo ver Warren Beatty voltar a atuar, mas numa sequência de Dick Tracy? Isso que é anti-clímax…

G.I. Joe 2: é desanimador o simples fato de saber que essa coisa terá continuação – mesmo que seja com os roteiristas de Zumbilândia.

Se Beber, Não Case! – Parte III: Se for séria essa informação de que o próximo filme não vai ser um repeteco do primeiro, pode dar um gás na série. Alan e hospício tem tudo a ver. Só quero ver como vão lidar com a tradução do título, já que a trama não deve envolver um casamento…

O Vencedor 2: Hein? E ainda deve virar trilogia?

Noah: Épico biblico dirigido por Darren Aronofsky é pra botar marcadores “Eu quero ver!” e “WTF?”.

The Dark Knight Rises: Acabou que os personagens de Marion Cottilard e Joseph Gordon-Levitt não são vilões, mas Matthew Modine se juntou recentemente a Tom Hardy e Anne Hathaway pra ferrar a vida do Batman no próximo filme. Dois já não estava de bom tamanho? Sim, Christopher Nolan está a milênios-luz de ser incompetente, mas… sei lá. Não é porque o diretor acertou em tudo o que fez até hoje que vai ser sempre assim. Mas boto fé.

A Árvore da Vida: Ia estrear dia 27 de junho, foi jogado pra agosto. Com essa dança das datas, ainda se perguntam porque as pessoas fazem download em casa.

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2: DUVIDO que os fãs da série não tenham sentido um nó na garganta com este vídeo.

Notícias da semana #2

Sem muito tempo para escrever. Só uma rápida pincelada nas notícias que mais me chamaram atenção.

The 33 of San Jose: os mineiros mal voltaram a respirar ar puro e já vão virar filme… isso que é mercantilização! Pelos envolvidos na produção, pode-se esperar uma coisa BEM melodramática.

Akira: Joseph Gordon-Levitt é especulado para viver o protagonista da história ao invés de Zac Efron -> fãs do anime respiram aliviados. Já Morgan Freeman… bom, ele é um ator talentosíssimo, sem dúvida. Pena que tem se repetido muito nos últimos anos.

The Adventures of Tintin: The Secret of the Unicorn: se o diretor não tivesse sido divulgado, qualquer um acharia que é Robert Zemeckis. Isso não é uma crítica; as imagens são belíssimas. Espero que o filme como um todo seja verossímil. Direção dupla de Peter Jackson e Steven Spielberg é um combo pra ninguém botar defeito, mas é torcer para que o projeto não traga os problemas dos últimos filmes dos dois (Spielberg, o decepcionante Guerra dos Mundos e, até certo ponto, Indiana Jones 4; e Jackson, o terrível Um Olhar do Paraíso).

As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada: o último trailer é muito, muito bonito, mas não empolga tanto. Talvez isso seja consequência dos outros filmes (o primeiro é chatíssimo; o segundo, apenas aceitável). Como a Disney e o diretor Andrew Adamson não estão envolvidos neste capítulo, talvez possa sair algo melhor.

The Brazilian: Ronaldo Fenômeno atuando? Se essa notícia se confimar… corram para as montanhas!

Tetro: quem me dera ir nesses eventos que o Francis Ford Coppola vai participar no Brasil. Só pra ver de perto o cara que dirigiu e roteirizou a mega-obra-prima que é a trilogia O Poderoso Chefão.

Tropa de Elite 2: acho realmente ótimo que o filme esteja rendendo tão bem, ele é realmente exemplar. Pena que algumas interpretações dadas a ele por aí sejam das mais toscas. Comecei a escrever um artigo sobre o filme pra publicar aqui, mas não consegui terminar. A obra é realmente um turbilhão de ideias.

Notícias da semana #1

Pra movimentar um pouco as coisas por aqui e parar com esse histórico de média de 3 visitas diárias (o que desestimula qualquer blogueiro), vou ampliar a linha editorial, passando comentar as notícias da semana e, quem sabe, informes sobre as programações cinematográficas de Porto Alegre.

Thriller: Faz favor, né? Até gosto da música do MJ, mas daí a virar filme? Poderiam ao menos ter a decência de chamar o John Landis pra dirigir… mas Kenny Ortega? Dificilmente será um Yellow Submarine.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1: a menos de três semanas para a estreia, podem esperar aquela publicidade. Como fã assumido da série, estou ansioso. Se seguir a linha de O Enigma do Príncipe, vem aí um baita filme.

O Hobbit: Sobre o fato do projeto ter FINALMENTE ganhado luz verde do estúdio, só tenho uma coisa a dizer. Mas agora fica essa lengalenga pra contratar o elenco… o filme já perdeu a direção do Guillermo Del Toro (felizmente o Peter Jackson assumiu, mas que Del Toro faria um trabalho sensacional, faria) e, se não se ligar, é capaz de perder até o Ian McKellen – e isso é algo que 11 entre 10 fãs de Tolkien sequer se atreve a pensar.

Arbitrage: a trama não é aquilo de originalidade, mas é capaz de render um bom filme. E convenhamos, já estava mais do que na hora do Al Pacino fazer outro papel que não o de policial – talento pra isso ele tem de sobra.

Abraham Lincoln: Vampire Hunter: tenho uma atração por esse tipo de projeto bizarro (estou doido pra que saia Pride & Prejudice & Zombies), agora colocam o Tom Hardy no elenco? Assisto certo!

Batman: The Dark Knight Rises: Tom Hardy como vilão deve ser algo imperdível, discute-se uma nova personagem feminina depois que a Rachel Dawes passou dessa pra melhor e especula-se retorno de Aaron Eckhart. A única informação certa é que Christopher Nolan não deve mais retomar vilões usados na série antiga, o que é ótimo (se bem que eu adoraria ver Johnny Depp como o Charada). Mas não muda nada, qualquer coisa que Nolan faça eu assisto.

Superman: Man of Steel: devo dizer que a escalação de Zack Snyder para a direção não me agradou muito. Ele fez um bom trabalho em Watchmen, mas tem uma forte tendência a privilegiar a estética ao invés do conteúdo. Os últimos boatos são interessantes, mas isso não muda o fato de que são apenas boatos. De qualquer forma, é bom que saia um filme melhor que os anteriores, já que o único filme do Superman que pode ser considerado realmente ótimo data de… 1978.

Homem-Aranha 3D: com exceção do terceiro filme, gosto MUITO da série e realmente não vejo necessidade alguma de fazer um reboot tão pouco tempo depois. Essa última notícia, porém, é interessante: Martin Sheen como Tio Ben e Sally Field cotada para Tia May. Field é uma atriz que está precisando voltar às telonas: salvo engano, seu último grande trabalho no Cinema é Forrest Gump (1994).

Akira: ainda não assisti o anime original, mas tenho certeza que seus fãs devem estar suando frio com a simples possibilidade de Zac Efron estrelar uma versão live action.

Dark Shadows: Tim Burton e Johnny Depp entram em terreno conhecido. Pode demorar à vontade, desde que não faça algo tão Alice no País das Maravilhas.

%d blogueiros gostam disto: